Corticeira Amorim faculta aconselhamento gratuito a produtores florestais

cortica

Os proprietários florestais de áreas de sobreiro em Portugal podem, a partir desta quarta-feira, beneficiar de um serviço de aconselhamento técnico, com vista à identificação e adoção de melhores práticas de gestão florestal do montado e da biodiversidade associada.

A iniciativa, financiada pela Corticeira Amorim, é concretizada através de uma parceria com o ICNF - Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas e as Organizações Não Governamentais Quercus e WWF.

Lançado em 2008 e decorridas já três edições, «o serviço de aconselhamento técnico contemplou até ao momento cerca de 18 mil hectares de área florestal de sobreiro, sendo que na edição deste ano se introduz, pela primeira vez, uma avaliação do estado fitossanitário dos sobreiros», salienta a Corticeira Amorim em comunicado.

O diagnóstico será desenvolvido por técnicos especializados da WWF que, após visitas às herdades selecionadas, procederão à elaboração de um parecer técnico, um suporte que poderá inclusive apoiar o produtor florestal numa eventual candidatura a um processo de certificação de Gestão Florestal Sustentável da sua herdade.

Os proprietários florestais interessados devem solicitar este serviço, através do formulário de candidatura disponível em: www.sustentabilidade.amorim.com.

Podem candidatar-se a este serviço todas as entidades detentoras de uma área florestal de sobreiro não inferior a 50 ha ou que estejam integradas numa ZIF, cujo sistema de gestão florestal não esteja ainda certificado.

Entre 2008 e 2013, foram realizadas 42 visitas técnicas, observando-se que a grande maioria dos produtores florestais que beneficiaram do serviço de aconselhamento técnico optaram por certificar as suas herdades com o sistema de gestão florestal FSC® - Forest Stewardship Council.  

Regiões

Notícias por região de Portugal

Tooltip